Sua pergunta: “Por que não podemos estar aqui como resultado do acaso e do tempo? É realmente necessário que exista um Deus?”

Nossa resposta: É impossível que algo surja do nada absoluto, não importam quantos bilhões de anos sejam contados, porque o tempo por si só não é a causa de nada. As coisas podem mudar com o passar do tempo, mas não é o tempo que muda as coisas.

Se houve um tempo em que existiu o nada absoluto, até mesmo a menor existência de qualquer coisa seria um milagre absoluto. A existência da menor partícula de um elemento – que viria do mesmo nada absoluto – seria um milagre ainda maior do que ver um urso polar voando. Pelo menos, no caso do urso polar, há algo palpável: o próprio urso e a realidade do vôo. Quando só se tem o nada absoluto, não temos absolutamente nada em mãos para lidar.

Eis aqui a questão: se alguma vez houve um momento em que existiu o nada absoluto, podemos afirmar que o mesmo nada perduraria até hoje. Então, o acaso somado ao tempo não é uma explicação válida. Dizer que estamos aqui por pura obra do acaso, isto é, que, de alguma maneira, surgimos do nada absoluto, requer muito mais fé do que crer que num Criador Inteligente.

Para saber sobre esse assunto, veja “Será que o Nada alguma vez existiu?”


Como começar um relacionamento com Deus

Tenho uma pergunta…